Bitly-PHP – Lançada a versão 1.2

Olá pessoal!


$easter = 'Páscoa';
echo sprinf("Feliz %s ! astrasado =(" , $Easter);

Semana passada falei um pouco sobre o meu novo projeto open-source, o Bitly-PHP. Para quem ainda não sabe, o Bitly-PHP é uma nova forma de você interagir com a API RESTful do Bitly. A library permite que você encurte, descubra a url longa, receba informações e estatísticas completas sobre um link encurtado.

Sobre a versão 1.2

Depois do dia em que lancei a primeira versão do Bitly-PHP. Comecei a ouvir a comunidade PHP. Abri tópicos em listas e pedindo por sugestões. O feedback da comunidade foi muito bom. As pessoas realmente gostaram do que viram e o resultado foi isso que estamos vendo agora. A versão 1.2 do Bitly-PHP.

O que mudou?

Para os que estão utilizando desde primeira versão, não se preocupe. Se você baixar a nova versão o seu código continuará funcionando. Todas as alterações foram levando em conta as pessoas que já estavam utilizando.

Na versão 1.0 para você encurtar uma url você podia fazer da seguinte forma:

<?php
$bitlyphp = new Bitly();
$bitlyphp->login = '<your_login>';
$bitlyphp->api_key = '<your_api_key>';
$bitlyphp->url = 'http://blog.igorescobar.com';
$bitlyphp->shorten();
echo $bitlyphp->getData()->shortUrl; // Imprime a url encurtada.
?>

Na versão 1.2 você pode reduzir estas linhas para duas.

<?php
$bitlyphp = new Bitly( '<your_login>', '<your_api_key>');
echo $bitlyphp->shorten('http://blog.igorescobar.com'); // Imprime a url encurtada.
?>

Mais prático, não?

As parâmetros mais básicos e obvios foram encapsulados dentro do próprio método reduzindo o tempo gasto para o usuário que queria fazer algo que não fuga do simples “encurtar urls”.

Mas o método:

print_r( $bitlyphp->getData() );

Continua valendo caso você queira acessar um dado mais específico.

O que mais mudou?

  • Agora Bitly-PHP está também, disponível no PHP Classes.
  • Todos os comentários dentro da library do Bitly-PHP foram re-escritos em inglês.
  • Todos os exemplos dados na Wiki do Bitly-PHP foram re-escritos e simplificados para as alterações que vieram com a versão 1.2.
  • 2 bugs foram corrigidos.

software engineer @ grupo abril, #javascript #nodejs #ruby #php #zce #musician #skater

Twitter LinkedIn 

Be Sociable, Share!

Posts Relacionados:

15 thoughts on “Bitly-PHP – Lançada a versão 1.2

  1. Cara, parabéns pela iniciativa.
    Gostei muito e vai estar com certeza em grandes projetos.

    E com toda certeza irei usar em um projeto que estou trabalhando.

    a comunidade agradesce!

  2. Tem sim Venicios!

    Você precisa utilizar o método stats() do Bitly-PHP. Este método retorna todas as origens do seus links e as estatíticas agrupadas.

    Veja:

    $bitlyphp = new Bitly( ”, ”);
    $bitlyphp->stats(‘http://bit.ly/bSQPOJ’);
    $bitlyphp->debug();

    Assim você ve como é retornado os dados e traçar a melhor forma de usá-los.

  3. Cara, não tô conseguindo.
    $bitly->getData()->userReferrers;

    Dá o erro: Catchable fatal error: Object of class stdClass could not be converted to string…

    Alguma solução?

  4. Você provavelmente está tentando pegar uma propriedade que não existe. Usa o debug para ver o que o bitly retorna e apartir dai veja como recuperar os dados com o getData.

  5. Já tentei:

    $bitly->getData()->userReferrers
    $bitly->getData()->referrers

    não obtive sucesso. =/
    alguma dica?

    stdClass Object
    (
    [errorCode] => 0
    [errorMessage] =>
    [results] => stdClass Object
    (
    [clicks] => 6
    [hash] => aS5gnG
    [referrers] => stdClass Object
    (
    [_empty_] => stdClass Object
    (
    [direct] => 3
    )

    [bit.ly] => stdClass Object
    (
    [/] => 2
    )

    [partners.bit.ly] => stdClass Object
    (
    [/td] => 1
    )

    )

    [userClicks] => 6
    [userHash] => a38BWK
    [userReferrers] => stdClass Object
    (
    [_empty_] => stdClass Object
    (
    [direct] => 3
    )

    [bit.ly] => stdClass Object
    (
    [/] => 2
    )

    [partners.bit.ly] => stdClass Object
    (
    [/td] => 1
    )

    )

    )

    [statusCode] => OK
    )

  6. Opa, tudo bem?

    Você pode me ajudar a entender como utilizar a API deste encurtador brasileiro? http://clipe.me

    Tenho um pequeno site em joomla e queria usar para publicar no twitter minhas atualizações.

    Obrigado pela ajuda.

    PR

  7. Para gerar uma url através da API do clipe.me, envie uma solicitação GET ou POST para o site no seguinte formato:

    – clipe.me/index.php?api=1&return_url_text=1&longUrl={URL}

    Este site irá gerar a URL curta e devolvê-lo como texto simples. Ex.:

    – clipe.me/a1

  8. Parametros extras:
    Você também pode definir informações adicionais sobre cada URL curta, os parametros suportados são:

    customUrl => Url curta personalizada.
    shortUrlPassword => Senha para acessar a url.
    shortUrlExpiryDate => Formato da data de expiração DD-MM-YYYY HH:II:SS.
    shortUrlUses =>Total usátrios permitidos antes de expirar.
    postToTwitter => Definido como 1 para auto redirecionamento para o Twitter.

  9. @Igor,
    já estou usando essa tua classe a um certo tempo, e ela já me quebou um galhão… mas eu reparei que de vez em quando ela retorna um erro (Notice), não gerando o link encurtado… e se misturando no layout da página.

    Notice: Undefined property: stdClass::$shortUrl in ….

    Queria saber se tem como detectar quando esse erro vai acontecer e poder fazer alguma coisa personalizada com ele… se seria usando try-catch() ou alguma coisa, ou se não teria mesmo…

  10. Olá Gabriel!

    O a lib possui um método chamado debug. Basta você chama-lo quando dar algum problema e criar o padrão que você achar melhor. Mas com certeza é uma boa feature para agregar a biblioteca. Vou agrega-la assim que sobrar um tempinho beleza? Mas o debug() não vai te deixar na mão não. Abraços!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>