A importância das tags

Quando queremos estudar sobre qualquer assunto, é muito importante pesquisar não só o assunto em si, mais também, grande parte dos assuntos que o cercam, este é um grande diferencial que se levado a sério pode se tornar uma grande característica.

Por quê devo estudar a semântica das tags?

Quando falamos de semântica não falamos de uma só coisa, existem várias técnicas de codificação e formatação de hiper-textos que só podem ser concluída com êxito se levado o conhecimento semântico das suas tags e propriedades a sério como o tableless por ex.

Imagine como seria a criação de um layout tableless, se existissem somente 15-20 tags HTML, sim! aquelas principais que é mais comum de se encontrar nos layouts.

Imagine quantos ids e classes diferentes teríamos que criar, para definir todo o padrão visual de um site, se todas as tags se resumissem em 10 ou 20 tags de marcação que muitos estão acostumados a utilizar.

Então…qual a importância de conhecer o valor semântico das tags? ou melhor, não só das tags que você conhece , mas procurar conhecer novas tags sua história de uso e aplicação.

Quem trabalha com a criação de sites à muito tempo, pode ver na prática a diferença quando se conhece um numero limitado de tags e um numero mais abrangente, são dois lados da moeda, levando em conta que o estudo semântico das tags, não era levado muito a sério pelos desenvolvedores na época em que tudo se resumia em tabelas.

A codificação do seu documento html/xhtml fica muito mais rápida e menos “melosa”, quem não acha um saco ter que ficar toda hora lembrando o nome “daquela” classe ou “aquele” id definido no css para que uma tag assuma uma característica visual?

Quando conhecemos um numero maior de tags, podemos deixar o nosso código muito mais ramificado/desmembrado e independente de outros recursos, sem falar na hora da manipulação do documento utilizando DOM, tudo fica muito mais fácil e prático, por que eu só preciso simplesmente, criar o conteúdo, formata-lo, livre de classes e ids e com um código CSS bem escrito, toda a sua formatação e forma é automaticamente assumida.

Para tudo existe uma razão!

Enfie insto na cabeça, para tudo existe uma razão, todas as tag que conhecemos, foram criadas por um motivo, para atender uma demanda, por isso devemos estuda-las para utilizarmos somente para o que ela for pré-destinada.

Aonde posso aprender mais sobre semântica?

Separei alguns links interessantes para você que se interessa sobre o assunto e ainda tem “aquela” preguiça de pesquisar mais sobre o assunto, é muito complicado colocar no papel todos os benefícios de se aderir esta “característica” que comentei no começo do texto, somente utilizando na prática para poder saber o quão transformador pode ser este habito.

Web Semântica é uma extensão da Web tradicional
http://www.bax.com.br/news/News_Item.2004-04-29.8261853316

As premissas da Web Semântica
http://outrolado.com.br/Artigos/as_premissas_da_web_semantica__

A Semântica é que manda
http://www.tableless.com.br/a-semantica-e-que-manda

Introdução à semântica web
http://revolucao.etc.br/archives/introducao-a-semantica-web/

Web Semântica
http://www.encontros-bibli.ufsc.br/Edicao_18/2_Web_Semantica.pdf

Semântica Web
http://revolucao.etc.br/archives/category/semantica-web/

A web Semântica
http://www.tableless.com.br/a-web-semantica

Podcast – Microformatos e Semântica
http://brunotorres.net/blogbits-podcast-8-microformatos-e-semantica

Site recomendado – Semântico
http://www.semantico.com.br/

Introdução à web semâtica
http://www.acordapraweb.com/acorda-uma-introducao-a-web-semantica/

Espero ter contribuído!
[]’s

Posts Relacionados:

Aumente as chances do seu projeto/site dar certo

O trabalho de concepção e amadurecimento de uma idéia é uma tarefa complicada. Todos os dias converso com profissionais do ramo de Internet e falamos sobre muitas idéias. Todas envolvem dinheiro, seja de forma direta ou indireta.

O que é muito comum ser dito nesses grupos é sobre como ganhar dinheiro através de programas de afiliados como Google AdSense, Hotwords, Text Link Adst, UOL Links Patrocinados etc.

Hoje eu não vou falar sobre como otimizar seus ganhos nestes programas, pois acredito que na própria internet, possuem muitos e muitos artigos falando sobre isso, não vale a pena ficar “duplicando” o que é dito por ai tão incansavelmente.

Cuidado com o dinheiro

Quando vamos elaborar uma idéia é muito comum pensarmos em dinheiro, é comum, e algo muito maligno para o futuro e sobrevivência do seu projeto. Devemos pensar, claro, porém, pensar só nisso, vai acabar te cegando para outros pontos importantes que vão além do que só encher o bolso de dinheiro.

Deixe o fator “ganhar dinheiro” para último plano, amadureça a sua idéia todos os dias, anote tudo, não deixe nada escapar, e em último plano, pense em como trazer um retorno para você utilizando tudo o que você planejou de forma sadia, ou seja, de forma que o seu sistema, o seu planejamento, irá te sustentar a longo prazo, sustentabilidade.

Dando forma a idéia

Devo ressaltar, que não é meu objetivo ensina-lo como “documentar” a sua idéia, meu objetivo é te ajudar COMO você deve pensar para que o seu projeto dê certo ou ao menos aumente as chances dele dar certo.

Certifique-se de que você, com sua experiência, consiga garantir longevidade ao seu projeto, o sucesso de um projeto, esta diretamente ligado a sua continuidade e não apenas o seu começo, ser hype esta completamente fora de questão. Não adianta começar algo e não saber como dar continuidade ao que começou.

Não seja hype, seja original.

Ser hype tem seus próis e contras, quem acompanha a blogosfera já viu o que tem de blogs por ai que vivem de hypes para poder ganhar dinheiro a curto prazo. Para quem não sabe o que é hype, vou te dar um exemplo:  Cicarelli, já sabe até do que eu estou falando né? Agora tente imaginar a quantidade de dinheiro que os blogueiros e sites que vivem de hypes ganharam com este acontecimento? Postando os videos, fotos e fakes em seus sites? Então, isso é uma hype, porém, o objetivo é manter uma renda, tirarmos da abstração uma idéia e torna-la sustentável.

A volta é o mais importante.

Esta talvez seja a parte mais importante no processo de amadurecimento de uma idéia, é muito comum, ver uma pessoa entusiasmada falando de um projeto, que você sabe que é legal, porém,  o idealizador do projeto simplesmente se céga e só consegue pensar em como o projeto vai ser legal por que tem isso e aquilo e zilhões de coisas, coisas que na prática não fazem diferença.

Se concentrar no que é obvio não é a saída, centre-se em criar funcionalidades ao seu projeto que atribuíram valor ao seu projeto, esta são as melhores características de um projeto de sucesso, o mais importante não é atrair visitas, o mais importante é criar recursos e funcionalidades que farão com que o usuário volte. Esta é a grande sacada, visitas é consequência, a volta do visitante garante a sua sustentabilidade e o sucesso perpétuo (até que alguém lance algo que o substitua) do seu projeto.

Acredito que se a sua linha de raciocínio caminhar por este lado, isso só irá aumentar MUITO as chances do seu projeto dar certo. Espero ter contribuído com seu projeto, e quem sabe, sua vida, sua profissão.

[]’s
Igor.

Posts Relacionados: